__________ Itapema, suas histórias... __________

terça-feira, 12 de maio de 2015

Sociedade @lternativa ITAPEMA Radical




Mais uma noitada no &.@ '&ociedade @lternativa', bodega descoladíssima nos rincões da província. Dois radicais livres, mas que nunca envelhecem, avistam-se pelas mesas da calçada.
- E aí, bródi!
- Paga uma cerva?...
- Até pago... Me descola um careta do teu. - Faz sinal pro camarada do balcão.
- Tô vindo do supletivo. Doido, tem um fessora no esquema que é muito dez!!
- Pensa que tá na creche... Minha escola é o skate, móra. Na veia! - Improvisando certa manobra radical batendo os tênis. - É foda, mol nóia... Não tô podendo dar um rolê. As street da cidade só cratera, calombo na pista... Tenho que andar de busão.
- Radicalizou, bródi. - Mostra os dedos satânicos.
O garçom chega com a cerveja.
- Pô, cumpadi... Põe aí um som manêro.
- Podis crê, Bródi. Qualquer um do Pink, manja?... Que é Floyd!!
- Tem pra ninguém, mermão. Aproveita pra espantar as moscas...
- Wohoo!! Esmerilhou, parça! - Cumprimentam-se espalmando as mãos no ar.
Cigarro retorcido pelo canto da boca, um deles resolve folhear o jornal deixado por cortesia no estabelecimento. O outro sacode convulsivamente harmônica a juba ao ritmo de Roger Waters e Cia. Dedilha os acordes numa sua guitarra imaginária.
- Bródi, saca aqui o que esse figura mandou vê nesta coluna.
Seu chapa apanha a página. Neurônios em franca atividade. Num gesto pensativo despeja o copo de "breja" goela abaixo.
- Cabuloso! Esse cara aqui as vezes... Pirei legal. Ecos dos erros urbanos... Mór idéia, né!? Tem conserto o Homem não. Tá nas úrtima hora.
- Ô... Nhéim-nhéim, véio. Papo brabo! Desse pessoal dito consciente. Quer ensinar quem? Da vida nem sabe como ela é... Sabichão!
- Bródi, tu tem que tá informado.
- Na falta de serventia pruma coisa isso ajuda... Papel pra limpar as beradas!
- De qualidade duvidosa...
Riem discretamente para que o editor do tabloide e freguês vip da casa, sentado numa mesa próxima não perceba.
- Quem disse que o nosso não é diplomado em "boston"... - Perdem a compostura. Gargalham tanto até que...
- Ihh, bródi!... - Deixa emitir uma bufa ruidosa, descontrolada. - A merenda tá dando revertério. Vou dar utilidade pro jornal agora. - Correu avexado em direção ao WC. O garçom tenta impedi-lo, tomar-lhe o 1ª HORA das mãos, alegando ter posto papel higiênico lá. - Na moral... Fica frio, bicho. É que só consigo "soltar um barro" lendo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário